16 de nov. de 2019

Este é um registro de mágoa, de um momento como nunca fui tratada na minha vida. E por todas as coisas bonitas que falamos um pro outro e por todo o sentimento, é difícil assimilar que era apenas uma ilusão. E minha intuição acertou novamente, foi possível me ferir mais do que eu já estava. Todo o seu desleixo e desdém com o que sinto e a tua falta de cuidado, me deixam perplexa cada vez mais. Não ouse falar pra mim sobre saudade, sobre amor, não ouse.  Tudo o que foi feito até agora é a falta disso. 

Meu remédio é dormir logo para evitar mais alguma reflexão, pois cada vez que eu penso, cada vez que eu faço a linha do tempo, vejo mais e mais detalhes disso. Não encontrei uma palavra certa para descrever minha indignação. Não tenho palavras para isso. É indigno falar de amor e não ter nada palpável. Não tenho palavras para isso. 

Mas aqui está uma lição que ainda vou entender melhor com o tempo. 

0 comentários:

Pensaram por aqui

 

Copyright 2010 Paralelos do Cotidiano.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.