1 de dez de 2016

Na ciranda da hipocrisia
Ninguém escapa
Ninguém se esquiva
Nessa ciranda
ninguém está imune

Cabe à nossa consciência
se decide ficar impune.

#reflexos

28 de nov de 2016

Estava ausente
Porém presente na esfera poética da reflexão
Ando pensando muito
Escrevendo pouco
Estudando muito
Escrevendo pouco
Mas essa métrica pode mudar
Já que são tantos assuntos
que permeiam meu pensamento
Aqui ainda é meu refúgio
Meu diário
Logo mais eu volto
Para fazer meu próprio inventário

Camila Karina
Tudo que me encanta
Me alimenta e nutre
Não vejo problema
Em viver no mundo que sonho
Diariamente

Camila Karina 

16 de set de 2016

A lua não é a mesma para ninguém 
Quando  o universo se abre
só o amor de verdade
é que cabe.

Camila Karina

13 de ago de 2016

Quando sinto alguma mudança significativa venho aqui e registro. Nada mais justo comigo.

E que as percepções se tornem mais leves,
Porque as mudanças nunca são


Camila Karina
Numa sequência de mudanças. Mudar também dói.

Camila Karina

21 de mar de 2016

Nos desenhos
não estou
Fico na realidade
do quanto foi
covarde

Camila Karina

Pensaram por aqui

 

Copyright 2010 Paralelos do Cotidiano.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.