21 de mar de 2016

Nos desenhos
não estou
Fico na realidade
do quanto foi
covarde

Camila Karina

20 de mar de 2016

Estes aspirais
de verdades
dúvidas
São um tornado
Daquilo que os olhos
não veem 
Mas do que supera
E se luta 


Algum pergunta?






Camila Karina

18 de mar de 2016

O que se cala 
não consente
Mas sente



É pesado
este passo
descontente



E não falar
sem derrubar
nada pela frente


A realidade é diferente. 



Camila Karina


Encontro fotos
Fatos
Retratos
De sonhos
ou pesadelos
passados?

Camila Karina

14 de mar de 2016

A vida é um conto
De fadas
De sonhos
De pranto
E o que mais
conta?


Camila Karina

2 de mar de 2016

Depois do meu primeiro post de 2016, senti novamente vontade de passar por aqui, pelo meu canto secreto (nem tanto) de tudo que me cabe sentir e compartilhar e quem sabe inspirar. A questão é que por muitos anos o blog foi meu melhor amigo, confidente e vocês que acompanham minhas leituras mesmo que anonimamente, foram receptores das mensagens que trouxe aqui, das mais variadas emoções. Este é um novo momento da vida e de minhas perspectivas. Assim que houver vontade, tenho a liberdade de ir e vir por aqui no paralelo do meu cotidiano. 

Olá 2016. 


Camila Karina
Estas idas e vindas da vida
Agora me dou conta
que ainda guardo fotografias
Desta época que, não vou negar
Causava alegria
Porém o coração doía
cheia de injustiça
Pela consideração que não vinha

Camila Karina 


É engraçado perceber que por muitos anos, guardei certas fotografias e agora me dou conta que não preciso mais delas. Foi um ritual de libertação. Todos precisamos de nosso ritual particular. É preciso se libertar. Obrigada, universo. 
 

Pensaram por aqui

 

Copyright 2010 Paralelos do Cotidiano.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.