29 de dez de 2014

Ah estes sonhos
que acabam por se tornar
meu refúgio
dessa realidade
que não é sofrida
mas às vezes
dolorida


Tira-me da casca
Para aprender
na prática
que para viver
também é preciso
máscara

Não para esconder
para  sobreviver
aos corações impuros
que nos deixam em apuros


Ah, já nem sei!
Se sonhei
ou acordei

Camila Karina

24 de dez de 2014

Dos sonhos mais distantes
que na imaginação posso tocá-los
Dos desejos mais sinceros
que na imaginação os alcanço
Só aguardo a realidade
vinda do coração
Esta que sabe
meu lugar
minha posição

Camila Karina

22 de dez de 2014

Já tive essa bobagem de não querer comemorar aniversário, de achar que é algo que não se deve ser comemorado. Mas quanta bobagem a minha! Quanta falta de gratidão com a vida! Depois que caí em mim, sinto uma gratidão enorme em celebrar novos ciclos, novas etapas, uma nova idade apresentada à mim para cultivar e vivenciar de maneiras inimagináveis e também planejadas. Cheguei aos 31, e ainda me sinto tão jovem, tão por fazer e muito feliz pelas pessoas e momentos que cultivei. Conheci pessoas incríveis e pude concretizar algumas das ideias que sempre tenho e nunca param. Sou grata! Grata por ter perto meus amores, minha mãe, meus amigos, a arte, a música e tudo mais que a vida oferece e podemos aproveitar da forma que bem entendemos. Obrigada, universo!

Camila Karina

21 de dez de 2014

Sonhar
Desejar
Lutar
Três metas
Três atos
O universo
comanda os passos

Camila Karina

16 de dez de 2014

Tendo em vista
Tendo a ver
Tendo em voz
Falo por querer
Tendo em sentir
Por dentro e fora
São tantos termos,
que tememos
E o maior deles
é sofrer

Camila Karina

7 de dez de 2014

Tudo que desejo
almejo
anseio
não passa do mais
simples 

O respeito
Que foi ferido, partido

Mas sei
que o mal
não vence
o bem
e isso 
tem a ver
com fé
com Respeitonismo

Uma religião
que acabei de criar
para simbolizar
o principio que mais deveria importar

Camila Karina

18 de nov de 2014

Antes, 
era só poesia
Agora,
tudo não passa de "heresia"
Oh!
A cultura não merecia! 


Camila Karina

2 de nov de 2014

Passaram-se os dias
os tempos
momentos
e erroneamente
concluímos : "o que restou"
Não resta!
Se renova
Movimenta
Alimenta essa fome
de sermos nós
sempre no após

Camila Karina

13 de ago de 2014

Alguns chamam de Deus
Eu chamo de Universo
Que une, nem que seja do avesso
E sempre inspira um verso

Camila Karina
Quem te viu?
Quem te vê?
Não importa como,
Ninguém consegue conhecer


Camila Karina

25 de jul de 2014

Sonhar
Sonhar
Não é nada além
de pensar, pensar 
pensar com vontade
Se o pensamento atrai
Que coisas boas
virem realidade

Camila Karina

17 de jul de 2014

Os relógios não são iguais 
O seu tempo não é meu tempo
e meu tempo não é seu tempo
TIC
TAC
Que horas são?
Pergunto para qualquer um


Camila Karina
Refletindo sobre nós, seres humanos...
Será que as pessoas são plantas e flores
que, cultivadas florescem cada vez mais e
outras acabam sendo minadas com ervas daninhas..?
Algumas vão-se com o tempo e outras só querem tempo
Ah..como é difícil cuidar de jardim..


Camila Karina

12 de jul de 2014

Se na ocasião
você é o ladrão
meu defeito
é quase sempre
não dar perdão
Mas sei que
o coração
merece mais
consideração
Mas será 
que o ladrão de coração
Merece perdão? 

Camila Karina

4 de jul de 2014

O dia começou agitado, porque é dia de jogo. Mas isso não me comove, não gosto de futebol, e a copa está acontecendo, algumas pessoas querendo ou não. A questão é que, alguns ônibus passaram lotados e preferi me atrasar do que entrar em algum deles, mas não teve jeito. Entrei no ônibus relativamente lotado ( nada comparado ao que se vê em SP, mas estava). Tentei passar um pouco mais para frente mas estava impossível, tinham dois estudantes com mochilas gigantes. Pedi licença e um deles me olhou furioso e disse: "Só arredar que passa!". Isso me deu nos nervos. Respirei fundo, mas sabia que não conseguiria ficar calada. Minha primeira ideia era dar uns gritos com o moleque, mas, lembrei que com grito, a reação é de defesa, então, peguei no braço dele com carinho e disse: "Cara, a tua mochila ocupa muito espaço, será que não rola de tirares da costa e deixar embaixo? Vai trazer dois beneficios; um pra tua coluna e vai abrir espaço. Tens direito a ter o teu espaço e eu também não é?" O outro estudante que estava com ele, logo tirou a mochila das costas e ele também, um pouco resistente, mas rolou. As vezes esquecemos que existe espaço para todo mundo. Não só no ônibus, mas em todo lugar, porém, RESPEITO é mais do que essencial para que cada espaço seja utilizado da melhor forma sem prejudicar a passagem de ninguém. 

‪#‎reflexões‬ do Busão

Camila Karina

9 de jun de 2014

Sempre prezei minha regra interna : "Todos temos direito de sentir raiva". E sempre levo isso comigo, mas não de maneira negativa e sim, de que, posso a qualquer momento, me dar o direito de me revoltar e me indignar. Claro, isso soa um tanto egoísta quando acontece algo alheio à vontade das pessoas, e a partir disso, a minha regra tomou um sentido diferente. Hoje, ao pegar o ônibus, no meio do caminho o "bicho" quebrou. Ora pois, andamos todos os dias em latas velhas, sucata, mas é o que tem para todo dia. Mas isso não foi o fim do mundo, e por incrível que pareça, nem para os outros passageiros que estavam ali dentro. Nosso primeiro impulso foi reclamar com o motorista, mas quando ele levantou do volante encharcado de suor, a cena me levou à pensamentos que me abalaram. E aconteceu uma conversa com as pessoas ao meu redor dizendo que, o motorista não tinha culpa, o ônibus por si só era o culpado, e o rapaz estava ali há horas rodando, sem tomar água, sem comer, lutando pelo seu salário de cada dia, e felizmente, muitas pessoas concordaram. Outras culparam o prefeito, outras o governo, mas eles não vem ao caso ( apesar de ser um caso sério). O cobrador falou bem baixinho para mim: "A empresa não está nem aí para o motorista, para o cobrador". Eu até um tempo também não estava, mas comecei a estar. Além disso, o que me sensibilizou foi o fato, a conversa que aconteceu ali no ônibus. Ninguém estava com seus celulares, grudados no WhatsApp, twitter ou facebook. Estávamos ali, interagindo tradicionalmente, tendo uma conversa de verdade, falando de política pública, trabalho, luta diária, esperas intermináveis por melhorias. Uma senhora me ofereceu banana frita, outra ofereceu jujuba.Talvez eu nunca mais encontre com essas pessoas, mas senti como se fossem velhos conhecidos. Tudo isso me fez esperar o outro ônibus com uma paciência incrível. Isso me gera lágrima nos olhos ao escrever, porque todos os dias, temos nossa rotina cronometrada, em busca de trabalhar, dar o melhor para ter o beneficio no fim do mês e esquecemos de olhar para o próximo e pensar com clareza quando acontece algo que nos afeta negativamente. Seria bom pensar não só no "o que aconteceu" mas também pensar no "porque aconteceu". Todo mundo tem um dia ruim, mas podemos dar um jeito nisso gastando apenas uns minutos para balancear o que pode ser feito de bom naquele momento. Eu poderia protestar neste texto por um transporte público mais digno, mas hoje priorizei a interação menos ordinária e mais verdadeira. 

Reflexões‬ do Busão

28 de mai de 2014

Entendo a necessidade de ter um carro, entendo que possibilita diversas facilidades, mas percebo também que a maioria das pessoas que adquire um carro, adquire um egoísmo unanime. Aquele egoísmo de chegar na frente, de não ter ninguém à sua frente, de ser o mais rápido. Mas o que indigna de fato é a irrelevância que os pedestres ganharam para alguns. Falo principalmente daqueles que, em dias de chuva, tem aquele prazer maldoso de molhar as pessoas que tentam à todo custo livrar-se as poças de lama. Engraçado que, quando um motorista tem o senso de respeito, vem logo outro em seguida com uma pressa insana. Parece que dentro de um carro alguns ganham um poder imaginário de que são inatingíveis. É um engano. A tendência é aumentar esse egoísmo, por isso, não sinto vontade de ter um carro. Sempre dizem: "você tem que dirigir"; "é libertador não depender"; "é necessidade". Mas lhe digo que minha necessidade é de respeito comigo e com o próximo. O carro? Quem sabe daqui há uns anos.

Das reflexões do busão


Camila Karina

20 de mai de 2014

Durante minha viagem diária de ônibus, sentei na janela e comecei a pensar nos exemplos do que não quero ser e de como não agir com as pessoas. Todos somos iguais, mas nossas energias não. Quantos pontos as pessoas de carater ganham por ser honestas e boas? No meio desse furacão de interesses , temo que nos esqueçamos do que realmente importa para nossa vivência neste mundo. Valores simples e "clichês": amor, amizade e respeito. Não é fácil manter o foco e prezar por esses valores pois nos deparamos diariamente com seres inescrupulosos, cheios de artimanhas, o que me indigna e surpreende sempre. Não consigo "aprender" com a vida a respeito destes perfis. Não quero me tornar um escudo anti seres humanos. Quero continuar acreditando nas pessoas, mas isso não quer dizer que eu não tenha a percepção de quem me deseja algo de ruim ou deseja me prejudicar. Mas a esperança tem um lugar cativo na minha crença de que tais pessoas possam mudar as atitudes e emanar energias boas.

Camila Karina

17 de mai de 2014

Tanta luta por igualdade
e ainda vejo pessoas nivelando
o próximo por status
 Onde está a verdade dos fatos?

Camila Karina

22 de abr de 2014

Me sinto um retângulo
Neste ciclo vicioso da mesmice
Onde estará meu lugar ao cubo?

Camila Karina

3 de abr de 2014

Para cada situação, um sorriso diferente


Camila Karina



14 de mar de 2014

Hoje é o dia nacional da minha melhor amiga, meu refúgio, minha grande ouvinte e responsável por grandes respostas da minha vida: A POESIA.

Sem poesia eu não teria tido a oportunidade de conhecer o universo encantador das palavras.

Um viva para esta arte e para todos os amigos que tem o mesmo amor por ela.


Camila Karina

2 de mar de 2014

O conselho de quem nos ama
é como um par de asas de presente
a gente começa a voar longe

Camila Karina

25 de fev de 2014

Reservar
pra  preservar 
e qual é a hora de doar?
Deixo o encargo para o coração
que dosa a medida certa da doação

Camila Karina

Mais amor e percepção
porque no fim do caminho
a sensibilidade sente fome
como o homem sente a falta do pão
e sem estes alimentos, lá se foi um coração...

Camila Karina

21 de fev de 2014

Um grande amigo 
também é um grande amor
A confusão começa
tem emoção e calor
mas no fim das contas,
o mundo não é como desejo
E agora o grande amigo
não passa de lampejo 
Durou mais tempo no meu sonho
 eu encontrava meu grande amigo
que me ensinou mais do que imagina
e agora está de partida

Camila Karina


*Este poema é dedicado à um grande amigo, que esteve comigo em momentos difíceis, que ensinou muitas lições importantes sobre o amor e companheirismo. Também peço perdão pela grande confusão, mas importância dele em minha vida é atemporal. Só desejo felicidades, muita luta pelo nosso verde e evoluções espirituais. Tive um breve encontro contigo no meu sonho e você avisava que estava de partida, obrigada pela visita.Sim, acompanho seu blog e me sinto feliz porque estás feliz.

13 de fev de 2014

Seria pedir muito aos céus, aos universos, as forças espirituais que convergem para o bem, que o fanatismo que mora ao lado tomasse um caminho bem distante do meu? É um pedido de coração.

Camila Karina

29 de jan de 2014

Será que protejo os meus severamente
ou apenas antevejo a picada da serpente?


Camila Karina
Nem tempestade
Nem temporal
O que nos deixa submerssos
é o tempo

Camila Karina

28 de jan de 2014

Procuro essa conexão com o mundo
que a poesia iniciou
e agora me empurra para frente
Sigo a corrente que agora 
traz um caminho diferente

Camila Karina

19 de jan de 2014

São detalhes
que passam
que esbarram
que se escondem
São detalhes
que se espalham
retalham
e ninguém pode conter
São detalhes
e onde ficou a vírgula?
Detalhe, decido pela alegria

Camila Karina

5 de jan de 2014

É a partir do momento que você escolhe 
qual sonho viver 
que a vida começa a nos entender

Camila Karina


Pensaram por aqui

 

Copyright 2010 Paralelos do Cotidiano.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.