10 de out de 2010

Ele estava ao meu lado
despretensiosamente
Segurava em suas mãos 
como um gesto de conexão silenciosa
E como cenário, escura sala da sétima arte
Observei cada traço de seu rosto
e deixei o sentimento falar 
nos meus pensamentos
Sentia seus dedos, seus pêlos, seu calor
Tateando como se escolhe grãos
Segurava firme com as duas mãos
a dele, que acalentava as minhas
pequeninas que são
Sorri timidamente
Naquele momento
Tinha percebido
Era amor
Ele nem podia imaginar

Camila Karina

3 comentários:

Graciliano Galdino A. dos Santos disse...

wagner moura que se cuide!! hahaha

Jack vestida de loba e uivando...ou balindo? disse...

E lá vai mais uma se perdendo de amor......
Se encontrando...(?)

Mensagem Efêmera disse...

Despretensiosamente
Ela se perdeu e se encontrou! :D

Pensaram por aqui

 

Copyright 2010 Paralelos do Cotidiano.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.