26 de jul de 2015

Aquele abraço que não dei.
Passei apressada, apenas cumprimentei
De coração, peço perdão
Mas é certo, retornarei. 


 Camila Karina

*Poeminha para um causo paralelo do cotidiano.
 Fui até uma loja, e lá uma antiga conhecida de minha família apareceu, uma senhorinha com uma memória incrível. Como estava com pressa, apenas a cumprimentei, mas fiquei com a sensação de que ela queria me dar um abraço.  Estou com esta sensação até agora, mas assim que encontra-la, sano esta pendência.

0 comentários:

Pensaram por aqui

 

Copyright 2010 Paralelos do Cotidiano.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.