9 de mar de 2009

Muitos de nós, homens e mulheres, enquanto executam uma tarefa usam, ao mesmo tempo, freios mentais e emocionais para evitar executá-la. Quando a “cabeça” está fazendo uma coisa sem querer muito fazê-la, usamos tanta energia em forçar-nos, quanto a que usamos no trabalho propriamente dito. Metade de nossa vontade é aplicada no trabalho, e a outra metade “contra” o trabalho - como um carro freado que tenta avançar. Uma tarefa desagradável cansa dez vezes mais do que uma agradável.
O que fazer quando o trabalho desagrada? Ou mudar de trabalho - ou mudar de atitude em relação ao trabalho. qualquer trabalho com o qual nós concordamos pode ser agradável. Se obtivermos o nosso consentimento, e concordarmos sem reservas, o cansaço diminui mesmo.


Clarice Lispector in Só para mulheres


Cantinho da Neurose: Sem neuras, só homenagens. Homenagem para a mulher mais importante da minha vida, minha mãe.

0 comentários:

Pensaram por aqui

 

Copyright 2010 Paralelos do Cotidiano.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.