17 de mar de 2011

São nestes espaços de tempo
que cada sentimento é colhido
é plantado e arrancado
Nada mais do que a lida diária
De ser e viver
Sempre é grande safra
Sempre é tempo de colheita
Por mais que seja na seca


Camila Karina

0 comentários:

Pensaram por aqui

 

Copyright 2010 Paralelos do Cotidiano.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.