14 de jun de 2011

Nas ruas
tantos desvios e degradações
Os sentidos viciados em complicações
Ali
Parada
A flor nasce em meio as pedras
Sem maiores observações
Só percebe quem aguça o olhar
Apura o sentir das emoções

Camila Karina


*Tenho pessoas na minha vida que são flores nascidas das pedras, nem preciso citar. Vocês são meus heróis

0 comentários:

Pensaram por aqui

 

Copyright 2010 Paralelos do Cotidiano.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.