16 de jul de 2011

Ah imaginário
que suporta tantas dores e
desamores
e se mantém vivo
E ainda reaviva o que
pensávamos que já tinha morrido
Vivo feliz
por imaginar
Com fé
pode se realizar


Camila Karina

0 comentários:

Pensaram por aqui

 

Copyright 2010 Paralelos do Cotidiano.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.