23 de jun de 2012

Jovens e atentos.  Jovens e sem noção do tempo. Continuamos jovens e agora seguimos pensando no futuro, no presente e no passado. O pensamento é nossa arma, nosso abismo, nossa lei, nossa prisão. Aproveitar a jovialidade para entender a liberdade é nossa missão. Porque se é jovem, esta essência domina o ser. Maturidade nada mais é que complemento. O ponto vital é ser jovem. E isso não tem nada a ver com o corpo. 

Camila Karina

0 comentários:

Pensaram por aqui

 

Copyright 2010 Paralelos do Cotidiano.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.