16 de nov de 2010

São tantas veias que compõem nosso corpo, nosso sistema nervoso, onde correm o sangue que nos impulsiona ao movimento, à emoção. Errado. (?) A mente é a chave mestra, a grande mãe, detentora de todas as igniçoes, aceleradores e freios, mas e a emoção? Quem realmente a impulsiona? Liberto-me destas perguntas e me prontifico apenas a sentir. Dolorosamente sentir. Prazerosamente sentir. Visceralmente sentir. A prece que também sinto me renasce. E se racionalizar? Engano. Tudo esta racionalizado, mas a corrente sanguínea continua a impulsionar cada movimento heróico até o encontro com as emoções. Meu coração pensa. Minha mente sente.

Sinto-me a vontade. 


Camila Karina

3 comentários:

Anônimo disse...

Camila Camila, sempre lhe admirei desde os tempos do Santa Mônica.
Já se destacava com sua beleza. E agora, além de linda, através de suas belas palavras também.

Parabéns!

=)

Raphael Chaves disse...

seu blog tah tao bonito ck, tanto visual qnto em conteúdo =) parabéns!!
=)

Betina. disse...

Adorei o texto, adorei mesmo! Lindas as tuas fotografias.

*Passando pra visitar seu blog


Betina.

Pensaram por aqui

 

Copyright 2010 Paralelos do Cotidiano.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.