20 de dez de 2010


Das pétalas
que caem
Das lágrimas
que caem
Florescem novas rosas
Regam novas sementes
A beleza por vezes não é nítida
Quando nos damos conta
Há um novo jardim

Camila Karina

2 comentários:

Leonardo B. disse...

[e em cada jardim, a renovação do mundo; assim hajam olhos para o entender]

um imenso abraço, Camila

LB

Genny LiMo disse...

^^ E ouvidos para ouvirem os cantos perfumados delas.


Bjokinhas, moça.

Pensaram por aqui

 

Copyright 2010 Paralelos do Cotidiano.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.