24 de fev de 2011

A saudade 
as vezes
me arde
como ferida aberta
Que só sara 
de verdade
quando nem
lembro quando
foi a queda

Camila Karina

2 comentários:

Anderson Calandrini disse...

uau.....
nossa.....
me deixou sem palavras.......
gostei muito do..........

Genny LiMo disse...

=) Dolorosamente belo!
Bom fim de semana, moça.

Pensaram por aqui

 

Copyright 2010 Paralelos do Cotidiano.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.