18 de fev de 2011

Aos poucos 
me salvo
Tão pouco
te aguardo
Sê louco
ou escravo
do rancor
Liberte-se
Aprecie com candura
a lembrança
deste amor 


Camila Karina

0 comentários:

Pensaram por aqui

 

Copyright 2010 Paralelos do Cotidiano.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.