1 de out de 2011

A ira -  atiram-me a pedra
A gula -  quando a paixão me toma
A inveja - e o tempo tem mais espaço
O orgulho -  deixa sem defesas
A avareza- sem prumo, monopolizo teu pensamento
A preguiça - no após, simplesmente
A luxúria - por ter mais de ti
Que seja feita a justiça pelo sentimento


Camila Karina

*Poema  sonhado e escrito aqui

0 comentários:

Pensaram por aqui

 

Copyright 2010 Paralelos do Cotidiano.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.