11 de jan de 2012

A mão rente sob a testa, como proteção, apoio, reflexão. Os olhos espremidos pela luz, miram na direção que lhe cabe. A visão não é a mais nítida, mas está ali o tal caminho. O futuro tem este mesmo afeito. 


Camila Karina

0 comentários:

Pensaram por aqui

 

Copyright 2010 Paralelos do Cotidiano.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.