22 de jun de 2010



Entre linhas
Reticências
Direto ao ponto
Nosso objeto
Secreto
Sem vírgulas
Você embarca 
Na minha confusão
Esta bagunça 
Um furacão
Você percebe
Você me vê
Você entende
Você me lê 
Nas entrelinhas

Camila Karina

3 comentários:

Kiara Guedes disse...

Nelson Rodrigues já dizia que é preciso ler pouco e reler muito. Eu sou adepta das releituras, já fiz crônica poesia sobre o assunto. As entrelinhas agradecem! =)

Hanna disse...

As vezes as entrelinhas nos condenam...

Planeta Melancolia disse...

Existem livros muito interessantes perambulando aí pelo mundo, uma vez ou outra a gente esbarra com um.

Pensaram por aqui

 

Copyright 2010 Paralelos do Cotidiano.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.