16 de jul de 2010

Deparo-me
Frente a frente
Contigo
Ego
Infimo
Nesta convivência diária
Do querer
Não poder
Desejar
Retroceder
Das tempestades
Às bonanças
Deparo-me
Frente a frente
Imagem
E semelhança
Do eu

Camila Karina

6 comentários:

Bruna Antunes disse...

adoro teu jeito direto de escrever =)
sou tua fã!

Monique disse...

Adorei teu blog, teus poemas, tudo!
Beijos, Camila. ;***

Mensagem Efêmera disse...

Lembrei-me da música do IRA! xD

"Porque querer está tão longe de poder... E quem eu quero está tão longe, longe de mim..." :)

maytê m. souza disse...

Adooro seu estilo, de como você escreve, morri até *-*

bjo Camila!

Genny LiMo disse...

;) Ah, essa tua descrição-poetica-imaginativa me transmite sensações de pura eufória!



;*~

Ácido e Contradito disse...

Esse ir e vir dao a tonica do ousar compartilhar-se. Eis uma das tarefas dolorosas da vida adulta. Te amo baby.

Pensaram por aqui

 

Copyright 2010 Paralelos do Cotidiano.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.