2 de jul de 2010

A cada pensamento
Que é teu
Nas tuas ausências
Te materializo
Te torno vivo
Presente
No caminhar
No meu olhar
Em qualquer lugar
A cada lembrança
Que é nossa
Destas ausências
Nos torno eternos
Um  tesouro precioso
Com  qualquer saudade
Em qualquer cidade
Em qualquer lugar
Na simplicidade
De recordar

Camila Karina

2 comentários:

Berncramos disse...

Nossa, lindo poema sobre a saudade, tens um jeito maravilhoso de escrever.

beijo.

Cld disse...

gostei muito. arrepios e tudo mais. quem não sabe o que é querer ter alguem perto e não poder?

Pensaram por aqui

 

Copyright 2010 Paralelos do Cotidiano.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.