3 de nov de 2011

Aceito
o golpe do 
destino
Um tropeço
repentino
O que mais
vou merecer?




Olhei para o chão
e nada vi,
Olhei para o alto
e descobri,
Que a vida empurra
Onde você se segura? 


A gente balança,
a gente se cansa,
com esse empurrão,
Quem me segura ? 
 A esperança




Camila Karina

0 comentários:

Pensaram por aqui

 

Copyright 2010 Paralelos do Cotidiano.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.