13 de dez de 2011

Aquilo que nos remete a infância, o balanço, quando adultos, vira reflexão, é avaliação. Fixou-se no meu pensamento tal palavra, balanço, por refletir e avaliar dentro e fora de mim. Dentro: atos, ideias, e o que foi dito e o que não foi dito. Fora: o que absorvo, o que me repele, o que julgo indevidamente.Meu próprio balanço. O que me leva de um extremo ao outro, frente e trás, trás e frente, com o vento passando pelo corpo, como se as partículas acumuladas fossem esvaindo-se pouco a pouco. Balanço para desviar,balanço para alcançar. Impulsionar para ir mais alto e rápido, ir e vir, no balanço. 

Camila Karina

0 comentários:

Pensaram por aqui

 

Copyright 2010 Paralelos do Cotidiano.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.