16 de mar de 2010

"Brotava um cheiro de tempo, muito doce,
parecia poeira, mas poeira perfumada,
e doce, doce, extremamente doce, tão doce que provocava vertigens..."


Caio Fernando Abreu

0 comentários:

Pensaram por aqui

 

Copyright 2010 Paralelos do Cotidiano.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.