26 de mar de 2010

De certezas, as únicas que possuo são as sombras que acompanham meu corpo ao sol
Disvirtuadas com o cessar da luz, perdidas como as águas que escoam sem destino
As imagens dispersas na mente como filmes mal projetados confudem as sensações
E as verdades impensadas tomam forma como um roteiro inacabado
Concentro minhas energias , o franzir da testa, olhar distante
Que mistérios são esses longe dos entendimentos racionais?
Uma reflexão não basta
Como é extenso o caminho até a realidade

Camila Karina

0 comentários:

Pensaram por aqui

 

Copyright 2010 Paralelos do Cotidiano.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.