16 de ago de 2010

Procurei entender
Sem ter, nem pra que
Os sentidos dos “des”
Desfazer
Desprender
Desatar
Desculpando
Desenrolando
Desfiando
Um fio
Que não tem fim
Com um porém
Certos “des”
Nos cabem
Outros nem tanto assim
 
Camila Karina

4 comentários:

Tel disse...

Fiquei destrambelhado ou seria deslumbrado, adorei!
Bjnho
Tel

Vanessa Rafaelly disse...

Adoro muito o teu trabalho e acompanho ja um tempo, sempre achei magnifica as poesias, fotografias...
Mas uma coisa eu tenho curiosidade, nunca entendi pq paramos de nos falar :/ Um grande abraço Camila e continue sempre assim abrilhantando com teu talento o blog Eu sou do norte, e todos os seus projetos, que são excelentes!bj

Mensagem Efêmera disse...

Um fio que não tem fim *-*

Jack vestida de loba e uivando...ou balindo? disse...

Seria doido que alguns não pertencessem?

Pensaram por aqui

 

Copyright 2010 Paralelos do Cotidiano.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.