23 de ago de 2010

Como posso entender de partidas?
Se a cada dia espero uma nova chegada
Do sol
Da esperança
Tempestades
Bonanças
Como posso entender de partidas?
Se a cada dia quero unir-me
Ao calor
Ao amor
Ao sabor
De todas as pequenas vindas
Só o que posso
É conviver com partidas
Entender que elas também chegam
Mas não espero por elas
Nenhum dia

 Camila Karina

1 comentários:

Mensagem Efêmera disse...

Pois é, mas o trem da chegada é o mesmo trem da partida... :D

Pensaram por aqui

 

Copyright 2010 Paralelos do Cotidiano.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.