16 de mai de 2010

Neste enredo
Você é o herói
Você é o vilão
Você inicia
E termina a confusão
Salva e aniquila
Esquece a razão
Não convém digladiar
Com este ser
Que também se resigna
Não espere
Um defensor para lhe salvar
Este enredo não pára
Continua a girar
O ciclo de personangens não descansa
Diante de olhares
Você é herói
Você é vilão
É Mutável
Remediável
Qualquer opinião


Camila Karina

4 comentários:

Planeta Melancolia disse...

Nossa, muito bom.

Eduardo Passos disse...

Mais uma vez perfeito! Simples e profundo!

Daniele disse...

Oi...apenas marcando presença....=)

Lucas Buzele disse...

Belo blog, Camila!
Belas poesias.

Parabéns!
Estou te seguindo.

:)

Pensaram por aqui

 

Copyright 2010 Paralelos do Cotidiano.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.